Matéria

Carga tributária de chamar atenção

Planeje-se

Pelo fato da Carga Tributária brasileira se concentrar nos tributos ligados ao consumo, as empresas são obrigadas a pagar elevados e diversos impostos (em média, 33% do faturamento das empresas é para pagamento desses tributos). Por isso, tantas micro e pequenas empresas decretam falência após apenas um ano em funcionamento. O motivo disso é que uma só lei é elaborada para milhares de corporações com atividades distintas. Por conta disso, o planejamento tributário é fundamental para o bom desenvolvimento das empresas, pois através dele é possível adaptar os procedimentos da empresa à legislação, para que seja tomado o crédito. 

O planejamento tributário nada mais é que o gerenciamento de tributos realizados por especialistas que estruturam as corporações, resultando na saúde financeira da empresa. Os empresários devem incluir sua empresa em um dos três tipos de tributação: simples (micro e pequenas empresas), o presumido (até 72 milhões ano ano) ou o real (acima de 72 milhões no ano). Mas é importante lembrar que cada caso deve ser analisado individualmente, evidenciando que não existe um modelo exato para a realização de um planejamento. Apesar de muitos pensarem que melhor tipo de tributação é o simples, existem casos em que esse tipo de tributação não é o mais interessante, mesmo que a companhia se encaixe nesse tipo de tributação. Por isso a grande dica é: “tenha um contador do tamanho da sua empresa”. A frase é do o contabilista e jurista especializado em Direito Tributário Marcelo Magalhães Peixoto.

Tabela