Matéria

FOTO

Novos restaurantes comprovam aquecimento do mercado

Pernambuco é o maior polo gastronômico do Norte e Nordeste e ocupa a terceira posição no ranking nacional.

Os amantes da boa gastronomia não têm do que reclamar e os empresários do ramo também não. O crescimento do mercado gastronômico é confirmado pela ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), segundo dados do órgão, Pernambuco é o maior polo gastronômico do Norte e Nordeste e ocupa a terceira posição no ranking nacional. Ainda de acordo com a ABRASEL o crescimento atual do setor fica em torno de 13%.

O coordenador de pós-graduação em Gastronomia da Faculdade Guararapes, Erick Buarque, o desenvolvimento passa a ser evidente a partir da quantidade de estabelecimentos e eventos que envolvem o setor no estado. “Nós podemos perceber isso como um termômetro. Quanto mais o setor pede pessoas qualificadas na área de gastronomia é quanto mais o mercado aloca essas pessoas, você sente esse crescimento”, explica Erick.

62

Atualmente a empresária possui um ateliê e calcula ter gasto um total de R$ 30 mil no investimento do espaço. Garantindo não ter do que reclamar.Agora a prioridade é abrir uma loja aproveitando um ambiente natural do seu ateliê.

Para o coordenador, o investimento no setor gastronômico é uma aposta certa para 2014. “A boa culinária era uma coisa elitista, hoje não. Com o crescimento do poder econômico das classes B e C passam a elevar o consumo de boa comida a uma atividade de lazer e, como todo lazer, o cliente quer ser servido bem. Ou seja, bom atendimento, pratos bonitos, comidas saborosas”, explica.