Artigo

002-12

Contabilidade gerencial e sua importância para as empresas

Luiz Carlos Soares
Sócio-diretor da Locus Contábil
luiz.carlos@locuscontabil.com.br

A contabilidade é uma ciência cuja função principal é a de fornecer informações precisas para que as decisões sejam tomadas com o máximo de segurança. As informações e dados fornecidos pela contabilidade representam ferramentas de gestão, que servirão de apoio e suporte a estas decisões e devem fazer parte da rotina empresarial, ou seja, apoiar e orientar em todas as etapas da empresa.

Diante do cenário empresarial competitivo atual, as empresas necessitam desta ferramenta para gerir seus negócios, proporcionando informações para as tomadas de decisões, planejamentos e controles, levadas pela necessidade extrema de combater os altos custos envolvidos nos processos internos e externos da companhia, incluindo aí os custos tributários. A contabilidade gerencial ou contabilidade de gestão, conhecida em inglês por management accouting, através dos lançamentos contábeis, fornece à administração da companhia, relatórios gerenciais contendo informações de alto nível técnico, proporcionando aos seus gestores a possibilidade de gerir seus negócios com informações reais, visando exclusivamente à saúde da empresa.

12

Superou-se o tempo em que a contabilidade servia apenas às burocracias impostas pelo fisco, elaboradas meramente para apurar impostos, contribuições e o cumprimento dos prazos das obrigações fiscais. Atualmente vai além desse fim, pois quando bem utilizada pela administração da companhia, contribui na apuração dos custos, na determinação dos preços de vendas, na lucratividade, no controle orçamentário, na análise de desempenho financeiro, no planejamento tributário, na avaliação do ponto de equilíbrio e em outros índices que, quando bem avaliados, proporcionam uma maior sobrevida à empresa, combatendo seus principais concorrentes, ou até, quem sabe, largando na frente deles.

Entretanto, a contabilidade gerencial nem sempre é vista pela companhia como uma ferramenta de decisão, cabendo ao contador demonstrar ao administrador sua importância. O objetivo é demonstrar uma sistemática que possibilita a inserção de forma gradual e participativa do gestor do processo, nas decisões, na análise dos dados disponíveis, nos sistemas utilizados pela organização, na elaboração de relatórios e na adaptação do mesmo nas referidas decisões, com base nos registros das informações fornecidas. Enfim, a contabilidade gerencial agrega valor ao processo decisório da organização, possibilitando ao gestor adquirir uma nova visão em relação à contabilidade, transferindo-a para a política organizacional, enriquecendo a elaboração dos futuros planejamentos estratégicos da organização. ICON-01